Menu
10 de agosto de 2020
10º min
16º min
05/03/2020 às 06h27

Ronaldinho Gaúcho, embaixador do turismo é preso no Paraguai com passaporte falso


iviagora

Portando passaporte frio, Ronaldinho foi preso em Assunção (Paraguai), segundo a imprensa local.

Conhecido nas redes sociais como o ‘Rei do Rolê Aleatório’, Ronaldinho Gaúcho apareceu em maus lençóis na noite da última quarta-feira (4). Diferentemente do clima de descontração, quando honra o apelido e aparece em ambientes ‘aleatórios’, o ex-jogador de futebol foi preso na região de Assunção, no Paraguai, com suposto passaporte falso

O ex-craque de Barcelona e Milan e campeão mundial com o Brasil em 2002 viajou ao país para apresentar um livro e participar de obras sociais.

A jornalista paraguaia Soledad Franco publicou a notícia em sua conta do Twitter.

Em seguida, outro jornalista, Santiago González, publicou uma fotografia do passaporte falso do jogador: Ronaldinho foi nomeado embaixador brasileiro do turismo por Jair Bolsonaro no ano passado.

Em vídeo, é possível ver o irmão Roberto Assis e Ronaldinho Gaúcho deixarem um carro de polícia e entrarem no que seria uma delegacia. Segundo o Ministério do Interior do país, houve uma operação de invasão à suíte do Hotel Resort Yacht y Golf Club Paraguayo, em que Ronaldinho Gaúcho estava. Por lá, os policiais teriam encontrado os documentos adulterados nos nomes do ex-jogador e do irmão.

A denúncia se originou de uma denúncia policial feita pelo Departamento de Identificações da Polícia Nacional. Agentes policiais ficaram na porta do quarto de Ronaldinho e do irmão. Os dois são esperados para outro depoimento frente ao Ministério Público, às 8 horas.

Em depoimento, Ronaldinho e o irmão disseram à polícia que foram ao Paraguai a convite de Nelson Belotti, dono do cassino Il Palazzo. Além disso, estam previstos eventos para a fundação "Fraternidade Angelical".

Conhecido nas redes sociais como o ‘Rei do Rolê Aleatório’, Ronaldinho Gaúcho apareceu em maus lençóis na noite da última quarta-feira (4). Diferentemente do clima de descontração, quando honra o apelido e aparece em ambientes ‘aleatórios’, o ex-jogador de futebol foi preso na região de Assunção, no Paraguai, com suposto passaporte falso

Em 2015, Ronaldinho e seu irmão foram condenados por uma construção irregular em área ambiental. Segundo o Ministério Público, as multas alcançavam o valor em R$ 8,5 milhões. Como não houve pagamento voluntário da multa, o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul determinou a apreensão do passaporte dos dois.

Em sua mais recente postagem nas redes sociais, o pentacampeão mundial falou sobre um cassino no Paraguai.

Ronaldinho Gaúcho e Assis ficarão sob custódia da polícia paraguaia até pelo menos sexta-feira. Eles devem ser ouvidos pelo Ministério Público e pela polícia novamente. Em vídeo, é possível ver os dois deixando um carro de polícia. Leia mais

"Trouxemos o melhor de Las Vegas ao Paraguai e você é nosso convidado especial para viver momentos incríveis, com muitos jogos de azar", disse.

Existe a suspeita do Departamento contra o Crime Organizado que o empresário brasileiro Wilmondes Sousa Lira teria facilitado a documentação falsa.