Menu
30 de setembro de 2020
10º min
16º min
18/07/2020 às 09h12

Advogado é preso em flagrante por tráfico de drogas em Dourados


iviagora - douradosnews

O delegado Eliel Raimundo Alves, da 2ª Delegacia da Polícia Civil em Dourados, ratificou a prisão em flagrante do advogado Alexandre, de 38 anos. Flagrado com cocaína escondida em uma caixa de sabão em pó que seria levada para preso custodiado na PED (Penitenciária Estadual de Dourados) na sexta-feira (17), ele foi indiciado por tráfico de drogas.

Na decisão, a autoridade policial citou o artigo 33 da Lei 11.343 de 2006, combinado com o 40, inciso III, com pena prevista de reclusão de cinco a 15 anos e pagamento de 500 a 1.500  dias-multa, aumentada de um sexto a dois terços quando cometido nas dependências ou imediações de estabelecimentos prisionais.

De acordo com a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário), policiais penais que atuam na PED flagraram o advogado tentando entregar na aproximadamente 430 gramas cocaína em um pacote transparente que simulava ser detergente em pó.

“O servidor responsável pela revista desconfiou da coloração do produto e de duas pedras brancas dentro do pacote. Ao abrirem, constataram que o conteúdo de tratava de cocaína. Além do falso sabão em pó, outros pertences também foram levados pelo advogado para a entrega a um interno”, detalhou.

Aos policias penais, o advogado “alegou que não sabia da existência do entorpecente, e que havia sido contatado por um advogado de fora da cidade para fazer a entrega”, segundo a Agepen.

“Ele alegou que os pertences teriam sido levados por uma senhora até o seu escritório e que ele havia cobrado uma diária no valor de R$ 150,00 para fazer a entrega na penitenciária”, detalhou a agência estadual.

Recolhido na sala da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) no 2º DP, o advogado deve ter um pedido de liberdade provisória ou prisão domiciliar protocolizado pela comissão que acompanha seu caso.