Menu
1 de outubro de 2020
10º min
16º min
19/07/2020 às 22h01

Polícia Militar Rodoviária apreende quase uma tonelada de drogas após traficante furar bloqueio policial


iviagora

Durante a Operação Hórus, desencadeada pela SEJUSP/MS e pela Secretaria Nacional de Operações Integradas (SEOPI) do Ministério de Justiça e Segurança Pública, a Polícia Militar Rodoviária apreendeu na manhã deste domingo (19), em Amambai - MS, 810 kg de maconha e 55 kg de skank, além de prender três homens.

A apreensão ocorreu na MS 289, enquanto uma equipe da Polícia Militar Rodoviária realizava policiamento ostensivo na região entre Coronel Sapucaia X Amambai. Ao abordar um veículo Peugeot/206, que trafegava sentido à Amambai, tendo como condutor um homem de 36 anos, os policiais notaram um nervosismo excessivo. Momento em que um veículo GM/Cruze surge e não obedece a ordem de parada dos policiais, tentando atropelá-los. Foram necessários disparos de arma de fogo para se resguardarem do atropelamento. O veículo Cruze empreendeu em fuga rumo à cidade de Amambai e a equipe da PMR então iniciou o acompanhamento tático. Após alguns quilômetros o veículo Cruze perdeu controle do veículo, permitindo a abordagem. O veículo possuía dois ocupantes, um homem de 19 anos que conduzia o veículo e um passageiro de nacionalidade paraguaia de 20 anos. Em seu interior os policiais encontraram diversos tabletes de maconha e sacos de skank, além de um rádio transceptor que estava na mesma frequência do rádio do veículo Peugeot. Em checagem aos sistemas policiais, foi constatado que o veículo ostentava placas falsas e que as verdadeiras possuíam registro de roubo/furto do estado do Paraná datado de 2019.

Questionados, os autores confessaram que levariam a droga de Coronel Sapucaia para Dourados e que o veículo Peugeot fazia a função de batedor, repassando informações sobre fiscalizações na rodovia.

Diante dos fatos, os autores receberam voz de prisão, sendo encaminhados juntamente com os veículos e as drogas para a Delegacia de Polícia Civil de Amambai.

Denúncias e informações: ligue 198 e fale com a PMR.